Planejamento Gráfico Visual

Aluna: Vanessa dos Santos Alvim

Análise das fotografias com base no livro: Design Para Quem não é Designer

01

Image

A imagem atraiu com seu visual, pois utiliza o contraste tendo como elementos as cores (branco e azul), explorou também o tamanho e a forma das letras. O seu alinhamento ficou bem destacado, fez uso do centralizado de forma clara. Apesar das qualidades da imagem, no repasse da informação, não se tem número  e nem localização.

02

Image

As cores (vermelho e branco) proporcionaram na imagem um atrativo muito forte, os contrastes utilizados entre os elementos visuais mesmo com repetição não se perderam, ficaram organizados. No entanto a forma das letras e o uso do manuscrito se perderam.

03

Image

O contraste na imagem ficou bem chamativo, as cores (vermelho, branco e preto) foram bem distribuídas. No que se refere a informação, a imagem falta dados a seu respeito, seja localização ou telefone para contato.

04

Image

A imagem fez uso do contraste entre as letras e cores, no entanto  não possui identificação do local e nem numero para informações.

05

Image

A imagem contém um bom alinhamento, informações sobre os produtos da loja e telefones de contato, no entanto, as cores utilizadas não valorizaram o produto e a frase “Vestindo bem a sua cama” está escrito com letras muito pequenas e acaba passando despercebido pelo público. Há maior ênfase no nome da loja que está maior e nos números do telefone, que estão sobre a cor azul.

06

Image

As informações presentes estão bem distribuídas, e há um bom alinhamento entre elas. A figura que esta do lado esquerdo é criativa e se encaixa bem com o nome e os materiais vendidos na loja. As cores utilizadas são harmoniosas  e não há muita discrepância entre elas. O telefone é visível assim como os materiais vendidos na loja.

 07

 Image

As cores utilizadas na imagem são fortes e causam um bom contraste entre si, com destaque para o número do telefone e para o nome do comércio, que são uma das partes mais importantes. Na parte direita há uma figura representando alguns dos produtos que o comércio trabalha. Um ponto negativo é o erro de ortografia presente na frase “Consertamos alto falantes, e modulos” que deveria ser “Consertamos alto falantes e módulos” são pequenos erros que passam praticamente despercebidos, mas que devem ser levados em conta na elaboração de um informe publicitário.

08

Image

As cores não chamam muita atenção do público, há uma figura que remete ao nome do comércio e informações sobre formas de pagamento.

09

Image

Existem poucas informações sobre a loja e seus produtos. O tamanho da placa é muito pequeno e sua localização não é boa, pois não chama a atenção do público. As cores utilizadas na placa também não contribuem positivamente, não há contraste entre elas.

10

Image

A imagem não segue um alinhamento adequado e se torna confusa. As cores utilizadas são fortes com intuito de chamar a atenção das pessoas. A imagem utilizada parece um pouco perdida nas informações contidas.

11

Image

Tem um efeito de contraste entre as cores e a modelo utilizada na figura está de acordo com o nome e com os produtos vendidos na loja, pois remete a beleza feminina.

12

Image

A imagem não é visualmente agradável, parece poluída, com informações desencontradas e sem seguir muita conexão entre si. Foram usadas figuras de motos e ao fundo a do planeta terra, na tentativa de ilustrar o nome da loja que é Universal Motos, no entanto, essa mistura de informações e cores não deu certo, pois tornou a imagem visualmente confusa. Outro ponto negativo é o telhado que atrapalha na visualização da placa.

13

Image

A placa segue um alinhamento e ocupa os espaços de maneira correta. É utilizada uma imagem que remete ao estabelecimento de forma correta. Há um bom contraste entre as cores, o que contribui na visualização das pessoas. Todas as informações básicas necessárias que o público precisa estão presentes.

14

Image

As imagens e informações presentes ocupam todo o espaço da placa, os telefones estão distribuídos nas lateais e no fundo há algumas fotos de estofados ilustrando os produtos da loja, no entanto, essas imagens não estão bem alinhadas, pois estão uma em cima da outra, como por exemplo, o sofá verde que está em cima do sofá branco ao fundo, o contraste não é expressivo, tudo isso leva a uma confusão visual, pois deixa o anúncio muito carregado.

15

Image

Na placa há as informações necessárias sobre o estabelecimento, mas as cores não parecem ser tão harmoniosas, o contraste não se destaca.

 16

Image

Na placa existem figuras ilustrando os itens presentes no comércio e informações sobre o tipo do estabelecimento, as cores não conversam entre si, o que causa certa confusão, também não há telefone de contato que é sempre importante.

17

Image

A imagem passa a impressão de ser velha e mal cuidada, está visivelmente desgastada, percebe-se isso nas figuras já apagadas e quase sem cor. Não há informações suficientes sobre o comércio como, por exemplo, o telefone. As cores usadas são inexpressivas, não causam impactos e contraste.

 18

Image

É uma imagem simples, chama a atenção das pessoas pelo formato  diferente da placa, pelas cores chamativas utilizadas e por seu contaste.

19

Image

A imagem possui um bom alinhamento, pois as informações estão bem distribuídas, no entanto o seu contraste não se expressa muito devido ao uso das cores.

20

Image

Apesar das cores fortes, não chama muito a atenção, pois entram em conflito. As letras que foram utilizadas devido a fonte ser diferente, o nome da loja se destaca.

Utilizei a fonte Times New Roman tamanho 12, pois esta de acordo com a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e negritei algumas palavras, para dar ênfase na informação.

Anúncios

A Tipografia Das Capas de Livros de Luciana Savaget

Falar em tipografia é pensar na forma de escrita de um texto usando os tipos ou como é conhecida atualmente a fonte, ela é a arte de criação e composição dos textos.  É através dela que um texto é estruturado de forma a desenvolver a comunicação escrita. Na capa de um livro podemos encontrar informações diversas que farão com que tenhamos aguçada nossa imaginação.

Image

Esta capa desperta o interesse do leitor porque este ao contemplar a escrita e a imagem que está próxima a ela, nota a ligação entre elas  as quais proporcionam uma sugestão do assunto abordado no livro.  A forma como é escrita também colabora no sentido de se obter um efeito visual chamativo, pelo uso de tipos diferentes de letras, sendo em caixa alta, porém com uma distinção de letra.

Image

Neste livro a autora remete o leitor a uma viagem ao nordeste brasileiro, tanto pelos personagens que fazem parte da cultura nordestina, quanto pelas imagens expostas nesta capa do cerrado nordestino. As letras utilizadas são em caixa alta, mas em tamanho e cores diferentes.

ImageA autora se dedica a escrever sobre a cultura do nordeste do Brasil relatando as histórias cotidianas que ocorriam naquelas terras e as façanhas dos heróis/bandidos que habitavam os sertões nordestinos com seus canguaçeiros como foi o caso de Lampião, Corisco e outros destemidos sem nome. As imagens das capas nos mostram a cultura do nordeste e a escrita segue este padrão diferenciado que apesar do uso de caixa alta, utiliza tipos de letras diferentes para fazer distinção no título.

 

http://blogdadcl.editoradcl.com.br/tag/luciana%20savaget

Por: Marluce Rosa

O Designer de informação na passarela

      O Designer de Informação é todo aquele que transmite informação,  isso varia do designer gráfico até o designer de moda, já aprendemos muito sobre o designer gráfico, agora vamos aprender algo mais, glamouroso.

O enfoque do post além de mostrar o que é o designer de informação no contexto da moda também irá fazer um tour pelo mundo onde a moda tem sido o auge da economia.
Esse mundo mais conhecido como o paraíso das consumidoras, das viciadas em compras, das verdadeiras capitalistas. Levantasse a questão de ” como é que essa marca ficou tão famosa?” ” como a moda fatura milhões por ano?” o que é necessário ser feito para atingir a massa de tal forma?” É pessoal são muitas questões levantadas, a moda não é datada, não se tem uma data para se dizer quando foi criada, como surgiu, porém sabemos que a moda nos dias de hoje é  a contextualização do glamour, do famoso. A moda nos remete ao mundo esplendoroso e único das celebridades.
Vestidos deslumbrantes, costureiros famosos, tecidos e aviamentos de ultima geração. Não nos leva a pensar que desde a pré-história o homem vem criando sua moda, não somente para proteger o corpo das intempéries, mas como forma de se distinguir em vários outros aspectos tais como sociais, religiosos, estéticos, místicos ou simplesmente para se diferenciar individualmente.
A moda tem evoluído constantemente, e feito girar muito dinheiro, marcas famosas que existem a anos, que é passado de geração a geração, industrias textil, tem virado zona de faturamento mundial e esse mercado só tem a crescer, quem é que nunca comprou uma roupa pela sua propaganda? pela sua marca ? pois é, o Designer de moda é um designer de informação pois ele transmite ao seu publico a informação de que seu desenho pode estar em seu corpo basta você gastar um pouquinho para ter aquele lindo sapato da Channel ou mesmo aquela bolsa da Gucci, e assim vai.
Agora chega de falatório, vamos ver as imagens e videos para te deixar com o bolso coçando, e a vontade de sair correndo e entrar na primeira loja Louis Vuitton que estiver na sua frente.

É isso ae pessoal, o Designer de moda é o designer que passa a informação pela própria roupa ou acessório.
Pra você, entender um pouco da profissão do Designer de moda, além do video ser um explicativo da profissão também define a ação do designer de moda como designer de informação

Confira um desfile belíssimo da marca Channel

Por: Adriely Maria

As Cores Das Imagens Que Dão Água na Boca

Como o verão é o momento em que as cores estão mais em voga, o destaque sobre uso e contraste de cores será feito utilizando o que nos dá mais prazer nesta estação do ano que são os sorvetes e picolés os quais utilizam vários tons de cores.  Image

As imagens coloridas dos rótulos tanto de sorvete quanto de picolé suscitam em nós a vontade de experimentar essa delícia, seja de qual for o sabor, se de fruta, chocolate ou outro não interessa, porque o principal em dias de calor é um produto que proporcione alegria e prazer ao ser consumido pelas pessoas, independente de ser criança, jovem, adulto ou idoso.

Image

O uso de cores quentes nas imagens destes produtos é uma forma de demonstrá-lo e ao mesmo tempo alcançar o consumidor através desta visualização fazendo com que este seja impelido a experimentar este produto. 

Imagepor: Marluce Rosa

http://br.recepedia.com/pais/clubes/kibon

 

 

Sapatos e cores uma fascinação feminina

No mundo feminino os sapatos vêm se tornando um grande objeto de desejo, a maioria das mulheres ficam  fascinadas seja pelos modelos, cores, tendências do momento, marcas mais famosas e usadas.

As imagens abaixo ilustram modelos de sapatos, com diversas cores e tendências:

Image

Image

 

As mulheres adoram  estar na moda, os sapatos vem sendo um agente fundamental  para compor  esse universo  feminino. As cores marcantes ganham destaque junto ao design de cada sapato, o que promove  conforto e luxo aos pés , protegendo  e sendo um componente essencial no dia-a-dia das pessoas.

Para mais informações e curiosidades tem o blog que também  compartilha sobre o assunto. Zayra Mesquita em seu site  fala sobre sua paixão por sapatos, apresenta a história do sapato, tipos de sapato e como andar na moda.

 

TIPOGRAFIA: VISÃO DO WEB DESIGNER

TIPOGRAFIA / TIPOLOGIA

A Tipografia é conhecida como a impressão dos TIPOS e está desaparecendo com o desenvolvimento do computador. Tipologia é o estudo da formação dos tipos, essa por sua vez cresce a cada dia. Mas no final, a nomenclatura utilizada é tipografia, assim como fonte virou tipo, atualmente.

O termo tipo é o desenho de uma determinada família de letras como por exemplo: verdana, futura, arial, etc.

 As variações dessas letras (ligth, itálico e negrito, por exemplo) de uma determinada família são as fontes desenhadas para a elaboração de um conjunto completo de caracteres que consta do alfabeto em caixa alta e caixa baixa, números, símbolos e pontuação.

Os tipos constituem a principal ferramenta de comunicação. As faces alternativas de tipos permitem que você dê expressão ao documento, para transmitir instantaneamente, e não-verbalmente, atmosfera e imagem

Tipografia é transformar um espaço vazio, num espaço que não seja mais vazio. Isto é, se você tem uma determinada informação ou texto manuscrito e precisa dar-lhe um formato impresso com uma mensagem clara que possa ser lida sem problema, isso é tipografia.
– Wolfgang Weingart

Bom design é aquele que utiliza bem as potencialidades da tipografia.
Aliás, não é por acaso, que o conhecedor do design de qualidade, consegue ver pelos tipos de letra utilizados se, quem fez determinado projecto é ou não profissional.

Na era da Revolução Digital, também não é de admirar, que a tipografia seja uma área bastante complexa, recorrendo a tecnologias específicas e bastante avançadas, para obter o melhor resultado em ecrã, impressoras postscript, plotters, etc.

Falar em tipografia digital é falar em criação de famílias de tipos (para serem utilizados nos computadores pessoais em diversas aplicações, por exemplo), mas também na criação de logotipos, letterings, títulos, enfim, todo um universo tipográfico que recorra ao design de tipos para fins específicos e por vezes únicos (ex: logotipo).

TIPOLOGIA E DESIGN

O maior de todos os objetivos do designer gráfico é o bom senso e a criatividade bem aplicada. Ele precisa comunicar algo a alguém, e tem que chamar a atenção. A parte escrita é muito importante num projeto gráfico e saber utilizar de forma correta os tipos ou fontes é fundamental. Alguns passos São abordados na construção de uma página:

1. Contraste – É importante lembrar de algumas regras quando usar as fontes na composição: tamanho, peso, estrutura, forma, direção, cor.

E algumas regras valem como dicas permanentes na diagramação com tipos: fontes com serifa facilitam a leitura, mas cuidado, na tela do computador as serifas podem atrapalhar pois ficam serrilhadas nos pixels. Fonte sem serifa é ideal para títulos, frases de cartaz, outdoor e textos de leitura rápida.

O alinhamento à esquerda também facilita a leitura. Cuidado com o contraste que forma a cor com o fundo: amarelo sobre branco tem uma leitura difícil, vermelho sobre verde vibra muito, branco sobre preto em texto longo cansa a leitura.

2. Repetição – é o que cria uma identidade visual com o leitor, estabelecendo uma hierarquia, utilize determinadas fontes em determinados pontos da sua página, como títulos, sub-títulos e em pontos estratégicos.

3. Alinhamento – centralize ou justifique quando o tema do seu site e o texto for formal, caso contrário procure utilizar o texto de forma mais livre e disponha conforme a sua criatividade e o bom senso permitirem. Há cinco maneiras básicas de organizar as linhas de composição em uma página :

Justificada : todas as linhas têm o mesmo comprimento e são alinhadas tanto à esquerda quanto à direita.
Não-justificada à direita : as linhas têm diferentes comprimentos e são todas alinhadas à esquerda e irregulares à direita.
Não-justificada à esquerda : as linhas têm diferentes comprimentos e são alinhadas à direita e irregulares à esquerda.
Centralizada : as linhas têm tamanho desigual, com ambos os lados irregulares.
Assimétrica : um arranjo sem padrão previsível na colocação das linhas.

4. Legibilidade – Talvez seja o ponto fundamental, é muito importante saber utilizar estilos de fontes em determinados casos, fontes desconstruídas e modernas se encaixam bem em sites modernos e jovens, fontes clássicas e manuscritas muitas vezes se encaixam bem em sites clássicos e sérios, fontes normais e sérias se encaixam perfeitamente em sites institucionais e moderados.

Classificação dos tipos : É o conjunto completo de caracteres sob o mesmo estilo e em todos os corpos: caixa alta e baixa, sinais de pontuação, acentos e numerais.

Família de tipos: São todas as variações de uma fonte: Helvética Narrow, Helvética Narrow Bold, Helvética Narrow Bold Oblique.

Classificação
serifa triangular – elzevir, ex:Times New Roma

serifa linear – didot, ex:Bodoni
serifa quadrada – egípcio, ex: GeoSlab
ausência de serifa – antigo
sem serifa, ex: Helvética
semi sem serifa, ex: Optima
cursivas ( manuscritas ), ex: Thelly Alegro BT
fantasias, ex: Kidnap

Fontes digitais – Com o advento do computador a adobe desenvolve a linguagem postscript que possibilitou um novo formato de fonte, o vetorial.


Família de letras de imprensa –

Fontes Adobe Type 1 – apresentam um nó a cada 90 graus, trazendo refinamento e precisão ao desenho do tipo. Para impressão.
Fontes True Type – apresentam um nó a cada 45 graus, portanto apresentam defeitos quando ampliados. Para saída web.

 família de letras de imprensa

Romana antiga
Criada pelos franceses no século XVIII, inspirada na escrita monumental romana, proporciona ao leitor um inconsciente descanso visual, alcançando o maior grau de visibilidade de todas as famílias.

Romana moderna
Criada pelos italianos no século XVIII, apresenta uma evolução dos romanos clássicos, Esteticamente agradáveis, trouxeram sensível melhora na legibilidade das letras.

Egípcia ou Serifa Grossa
Criada com o advento da revolução industrial, no século XVIII, tem como característica estrutural uma certa uniformidade nas hastes e serifas retangulares.

Lapidária ou Sem Serifa
Criada na Alemanha no século XIX, possui caracteres com poucas variações em suas hastes, cujos arremates não possuem serifas. Indicada para a confecção de hastes e embalagens, mas desaconselhável para textos longos.

Cursiva
     São as letras que não se encaixam em nenhuma das famílias já vistas. Elas têm hastes e serifas livres, o que as tornam as mais ilegíveis de todas, limitando seu uso a destaques, com número limitado de toques.
    

PADRÕES PARA WEB

     O produtor de conteúdo e o designer deve se preocupar com a padronização gráfica que adotará na produção do texto e na solução gráfica da aplicação web. 
    Aplicar pouca variedade de tipos, evita uma miscelânea de letras que acabam por dificultar a leitura e a definição de um estilo para a o conjunto da aplicação.

TIPOS/ TIPOGRAFIA 

images (1)

images

 

images (2)

Tipografia em WebDesign

 

TIPOGRAFIAS: CRIAÇÕES DO WEB DESIGNER

images (4)

images (5)

Tipografia em WebDesign

Livros com Café

Por: Cinthia Chagas da Silva

Segundo Elen Cristine através de uma publicação pelo site Terra “A importância do hábito de ler, devido aos registros escritos descobrimos e aprendemos culturas, histórias e hábitos diferentes, compreendemos a realidade, o sentido real das idéias, vivências, sonhos, etc. Existem três objetivos distintos para compreender a importância do hábito de ler: por prazer; para estudar e para se informar. Neste texto será abordada a leitura por prazer, uma vez que a mesma possibilita desenvolver a imaginação, embrenhando no mundo da imaginação, desenvolvendo a escuta lenta, enriquecendo o vocabulário e envolvendo linguagens diferenciadas.

Além do professor o profissional bibliotecário tem como função o incentivo à leitura e a mediação da informação, seja eletrônica, impressa dentre outras. Este tem de se preocupar não apenas com a informação passada, mas também com a forma de transmissão, desta forma acredito ser importante que para aqueles leitores interessados na leitura por prazer e não somente acadêmica, sejam orientados referente a locais que proporcionem uma leitura agradável e tranqüila. São inúmeros os ambientes nos quais podemos usufruir de uma boa leitura, mas nada melhor que ter a saborosa companhia de um bom café.  

Segue uma relação de algumas das Cafeterias mais originais do mundo, posteriormente algumas disponíveis em Goiânia, falarei um pouquinho sobre o Desing de cada uma destas cafeterias, como o ambiente, os tipos de letras utilizadas em sua divulgação bem como as informações disponibilizadas ao público. 

 

AS CAFETERIAS MAIS ORIGINAIS DO MUNDO

 

O Blog Café Fácil fez uma relação interessante das cafeterias mais originais do mundo a qual desejo compartilhar com todos, realizando uma breve análise das cores: 

ImagemDas Neue Kubitscheck, em Munique, Alemanha

Referente às cores do local, vemos que os tons mais utilizados são claros, cores frias o que trás ao local uma leveza uma vez que se utilizam várias outras formas de atração para o olhar do publico. Pode-se saber mais sobre a cafeteria através do vídeo clicando no link

 

ImagemSt. George Lycabettus Café em Kolonaki, Grécia

Já nesta cafeteria foram utilizadas cores mais escuras contrastando com branco, tal emprego de design nos proporciona visualizar desenhos criados no chão. 

 

ImagemMS Café, Museu Sztuki, Polônia

Esta cafeteria localizada em um museu optou pelo uso de um tom amadeirado criando desta forma um ambiente rústico, talvez para tentar retratar o local

 

ImagemEast Beach Café, Littlehampton, Reino Unido

A East Beach Café nos lembra as ondas do mar, porém chama a atenção devido ao uso de cores fortes como o marrom. 

 

ImagemCadboard Café, Londres, UK

Utilizando mais de 8.000 caixas de papelão, foi criada por designers de interiores B3 para o London Design Festival em 2008 no estudo de East London, porem não existe mais. 

 

ImagemO Café Púrpura

É um café fruto da imaginação de designer de interiores Jan Schriener 3D, no qual os espaços são combinados com tons de branco, pretos e roxos em formas geométricas e obras de arte.

 

ImagemIrmão Baba Budan em Melbourne, Austrália

Nesta cafeteria com certeza não são as cores que chamam a atenção, porém o marrom assim como o amadeirado para a MS Café, nos passa um ar rústico que somado as marcas na parede se torna uma incrível atração turística. 

 

CAFETERIAS EM GOIÂNIA

 

Imagem

Café Coreto

 

Localizado na Rua 142, 221 Setor Marista Goiânia, GO, possui um ambiente sofisticado, com cores frias e podemos notar um belo contraste entre a fonte da letra mais arredondada com o fundo branco. Além de leitura o local é ideal para encontrar pessoas, fazer compras uma vez que também funciona como loja de produtos diversos. 

O Café Coreto possui um site onde disponibiliza duas informações, telefones de contatos e horários de funcionamento (www.cafecoreto.com.br).  Analisando o desing editorial e de informação, temos que o site apresenta informações essências e claras como os contatos, endereços e horários porém não evidencia muito o café, não disponibiliza fotos das opções de escolha e nem preços. 

 

Imagem

Gran Café Cafeteria

Este possui um ambiente menor, porém mais aconchegante. Realiza contrastes tanto nas cores internas com externas, a quebra entre cores frias e escuras nas paredes e detalhes de objetos bem como também efetua um contraste entre as fontes de letras usadas, mesclando entre manuscrito e o normal.

Quanto à divulgação do local temos o site disponível pelo link (http://www.grancafecafeteria.com.br/) o qual é bem completo quanto aos tipos de cafés servidos, os nomes, fotos e uma breve descrição histórica da especialidade da casa. Além das informações já dispostas o Gran Café possui e-mail para os casos em que precisar tirar duvidas: (grancafecafeteria@terra.com.br). 

 

Ateliê do Grão

Localizado na Rua 36, nº 354, Setor Marista, Goiânia GO. Próximo ao Shopping Bougainville ao lado da Tribo do Açai, o Ateliê do Grão se orgulha em dizer que possui um diferencial referente as demais cafeterias de Goiânia, pois ao contrario das demais acompanha de perto a floração, desenvolvimento dos frutos a colheita e secagem, proporcionando assim um produto de qualidade. 

Imagem Imagem

Analisando a entrada do local,  vemos que se aposta em um ambiente sofisticado e com tons marrons. Para destacar o nome utiliza-se uma fonte com contraste entre o tipo manuscrito e normal e através do traço mais grosso, além do uso do símbolo de um pé de café. 

Imagem

Por dentro da cafeteria utiliza-se móveis de madeira confirmando o estilo sofisticado e continuando com o tom marrom.

Referente ao design de informação e editorial temos que a cafeteria possui uma boa divulgação, pois além de possuir um site bem completo e de fácil navegação, como podem observar pelo link (http://www.ateliedograo.com.br/) também conta com outras formas, por exemplo, o Twitter, onde podem seguir por @ateliedograo e também podem realizar compras de produtos relacionados através da loja virtual acessando (http://www.lojaadg.com.br/). 

Além destas opções temos várias outras cafeterias que disponibilizam um ótimo ambiente não apenas para leitura como também para conversar, encontrar pessoas e etc., porem no momento é só. Para maiores informações, podem acessar também o blog: (http://www.aredacao.com.br/gastronomia/7970/encontre-os-melhores-cafes-de-goiania).

 

 

 

Referência:

CRISTINE, Elen. A IMPORTANCIA DO HÁBITO DE LER. Disponível em: <http://www.mundoeducacao.com.br/educacao/a-importancia-habito-ler.htm>. Acesso em: 18 jun 2013.